desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos

A loucura da transgeneridade chega a Portugal | 22Mar2017 16:07:32

Serralves_Inter_sexualidades.jpg

Nos dias 23, 24 e 25 de Março de 2017 irá realizar-se o Congresso Internacional Intersexualidades: Cruzando Corpos, Cruzando Fronteiras, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e na Fundação de Serralves, em parceria com a Câmara Municipal do Porto.

Este evento tem por objectivo promover uma reflexão crítica sobre corpos, políticas sexuais e relações de poder, num espaço transnacional alargado, a partir das perspectivas fornecidas pelas teorias contemporâneas sobre género, sexo e sexualidades.

Nos três dias o programa decorre durante as manhãs na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e de tarde na Fundação de Serralves.



Inter_sex_apoios.png




Comentário do editor:

Perseguição aos cristãos
Novo totalitarismo
Minoria impõe o seu estilo de vida à generalidade da população
Destruir a Família
Perseguição aos pais
Celebração cada vez que uma barreira sexual é demolida
Nova Ordem Mundial
Nova Moral

Envergonhados do Evangelho?
Defesa dos valores

Perseguição aos cristãos
Uma minoria a impor a sua agenda e a definir o “novo normal”, com o apoio da sociedade adúltera em que vivemos...
Irá usá-la como pretexto para perseguir os verdadeiros cristãos e deformar a mente das crianças inocentes. Vão criar uma nova fobia: transfobia, e perseguir todos os que tenham opinião que divirja do novo “normal”, ao melhor estilo de “1984” de George Orwell.

ver o caso madrileno:
http://www.acordem.com/blog/32505//

Ao aprovarmos este vício, abrimos a porta à perseguição contra o Cristianismo. Se as uniões homossexuais, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e o ‘transgenerismo’ forem declarados direitos humanos básicos, então a oposição a estes pecados será considerada um crime pelos modernos estados ateus. Aqueles que defendem as verdades do Senhor podem ser multados ou presos. Já há alguns sítios em que a citação da condenação da homossexualidade pela Bíblia é denunciada como “incitamento ao ódio”.

Em março de 2015, Tim Sweeney, líder da concessão de subsídios a favor de homossexuais, disse aos líderes empresariais norte-americanos que quer encerrar a luta política pelas isenções de liberdade religiosa [contra homossexuais] nos EUA no prazo de três anos.

Um exame realizado pela Catholic News Agency às listas de subsídios públicos e declarações de impostos “descobriu que pelo menos seis fundações e fundos concederam subsídios no total de cerca de 4,8 milhões de dólares para visar a liberdade religiosa, especialmente como é exercida pelos objetores ao casamento homossexual”.

O lobby pró-homossexual quer silenciar o Cristianismo e gasta milhões a esmagar o direito dos cristãos de resistir à aceitação pública do pecado de Sodoma.

Isto é apenas um vislumbre da enorme revolução anticristã a aumentar com o reconhecimento da homossexualidade como um estilo de vida aceitável.

Novo totalitarismo
Esta nova religião é imposta em vez de ser proposta. Gabriele Kuby expressa-o desta forma: “Está a desenvolver-se um novo totalitarismo sob a capa da liberdade [sexual].” “A destruição da família desenraíza todos os seres humanos. Tornamo-nos seres humanos atomizados que podem ser manipulados para fazerem tudo.”

Ainda no mês passado, o Papa Francisco descreveu-a como uma "perseguição educada” ou “bem educada” que procura limitar os direitos à liberdade de religião e à objeção de consciência. No seu estilo característico, o Papa afirmou que esta “perseguição educada” da “qual pouco se fala” vem “disfarçada de cultura, disfarçada de modernidade, disfarçada de progresso”.

Visa as pessoas, acrescentou, “por quererem ter e manifestar os valores de um Filho de Deus… É uma perseguição que tira ao homem a sua liberdade, até de objeção de consciência!”

“Vemos todos os dias que os países poderosos criam leis que nos forçam a ir por este caminho … uma nação que não segue estas leis modernas, estas culturas ou que, pelo menos, não quer tê-las nas suas leis, é acusada, é perseguida educadamente”, observou ele.

Tanto o martírio como as perseguições “educadas” têm “um chefe”, disse ele. “Jesus chamou-lhe o príncipe deste mundo”.

“E quando os poderes querem impor atitudes, leis contra a dignidade do Filho de Deus, eles perseguem e vão contra o Criador, contra Deus. É a grande apostasia”, disse Francisco.
http://acordem.com/blog/32139//

Minoria impõe o seu estilo de vida à generalidade da população
Muitos se perguntam como é que pessoas com tendências homossexuais que formam uma minoria tão pequena da população conseguem fazer com que a aceitação do seu estilo de vida sexual desviante seja um requisito universal.

Com a maioria do mundo envolvido em comportamentos sexuais aberrantes como o uso de pornografia ou contracepção, a ligação à proteção da aberração sexual da homossexualidade torna-se clara. Uma pessoa não pode permitir a condenação de uma perversão sexual quando ela própria está envolvida noutra, devendo, em vez disso, serem todas protegidas e aceites.

Nos próximos anos assistir-se-á a um aumento da perseguição que descrevi até agora. Existe um ódio crescente por aqueles que ousam discordar dos dogmas da nova religião vindo do público em geral que foi ensinado que a maioria dos problemas do mundo se deve àqueles que não querem abraçar o amor e a tolerância.

É instrutivo recordar a passagem do capítulo 11 do Apocalipse em que dois profetas do fim dos tempos são finalmente mortos pelo Anticristo. As Escrituras referem que os seus corpos devem ficar nas ruas durante três dias e todos se regozijarão e mandarão presentes uns aos outros “porquanto estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a terra”.

De que forma tinham eles atormentado os que habitam sobre a terra? Dando voz às suas consciências.

Kuby conclui o seu livro com a pergunta: “O que faz uma cultura quando deixa de ter uma forma de limpar a culpa porque fez dos homens os seus próprios deuses? Tem de silenciar a consciência, na esperança vã de que será então encontrada a paz interior.” Ela destaca três métodos para este silenciamento.

    Criar ideologias que façam o pecado parecer bom.
    Arrastar toda a gente para o pecado.
    Difamar, rejeitar e perseguir qualquer pessoa que dê voz à consciência.
http://acordem.com/blog/32139//

Destruir a Família
Estamos a destruir a unidade fundamental da sociedade que é a família. Estimular e promover comportamentos anormais em vez de tentar corrigi-los e contrariá-los, ajudar a criança a encontrar o normal. Atitude de destruição da normalidade e promover a delinquência e comportamentos desviantes. As crianças serão obrigadas a ouvir falar, desde tenra idade, em lesbianismo, homossexualismo, transgénero e outras depravações. A opinião e vontade dos pais será totalmente posta de parte. Destruir a coesão social e a unidade familiar e destruindo lentamente o país, através desta cultura da morte, do aborto, homossexualidade, concubinato, em que a taxa de natalidade está abaixo dos valores de reposição, que é 2,1 por casal.

O Papa Bento explica os efeitos desastrosos sobre a família.

“Se, porém, não há a dualidade pré-estabelecida de homem e mulher na criação, então deixa de existir também a família como realidade estabelecida pela criação.”

Assim, a família como Deus a estabeleceu, que é pai, mãe e filhos, também pode ser alterada pela vontade do homem. O homem acreditará que pode definir a família da forma que quiser: dois homens e um filho, duas mulheres e um canário, três homens, três mulheres (como já está a acontecer) e praticamente qualquer outra aberração.

Bento avisa depois sobre as consequências relativas às crianças. “Mas, em tal caso, também a prole perdeu o lugar que até agora lhe competia, e a dignidade particular que lhe é própria... o filho tornou-se um objeto, ao qual se tem direito e que temos um direito de adquirir.”

Trata-se de uma referência indireta aos casais do mesmo sexo que exigem o “direito” de adotar crianças.

O Papa Bento vai então direito ao cerne da sua mensagem: a teoria do género é, em última análise, uma revolta contra Deus e o homem. “Quando a liberdade para ser criativo se torna liberdade para se criar a si mesmo, então necessariamente o próprio Criador é negado e, no final das contas, também o homem é despojado de sua dignidade como criatura de Deus... Quando se nega a Deus, a dignidade humana também desaparece.”

Perseguição aos pais
Os direitos dos pais também são vítimas da nova ideologia. Em várias cidades da América do Norte e da Europa, os pais são proibidos de retirar os filhos das classes de educação sexual, que são explicitamente a favor dos homossexuais, a favor do aborto e não só. Duas províncias do Canadá propuseram que, mesmo no ensino em casa, não seja permitido aos pais ensinar seja o que for contra o sexo homossexual.

Na Alemanha, os filhos são retirados aos pais e estes são presos se, no ensino em casa, ensinarem aos filhos a verdade e o significado da sexualidade humana.
http://acordem.com/blog/32139//

Celebração cada vez que uma barreira sexual é demolida
[em relação ao ex-Vice Presidente norte-americano, Mike Pence, não jantar fora com mulheres sem a companhia da sua mulher]
É uma loucura que as pessoas fiquem de fato indignadas com a decisão de um marido de evitar situações potencialmente comprometedoras. As mesmas pessoas que estão constantemente comemorando a destruição de inibições sexuais em todos os lugares são ofendidas por alguém que procura garantir que o seu casamento não se torne uma vítima do clima sexual vale-tudo. O colunista da National Review, David French, que enfrentou escrutínio devido ao seu breve flirte com a ideia de uma presidência independente no ano passado, sofreu a mesma zombaria e acusações quando os jornalistas descobriram que ele e sua esposa haviam elaborado regras rígidas para interagir com o outro sexo enquanto ele foi destacado para o Iraque. Permanecer fiel ao seu cônjuge, acaba por ser agora o Novo Sexismo.

Esta indignação absurda mostra a divisão cultural entre os cristãos e o resto da cultura da uma forma ainda mais gritante do que antes. Também mostra que, apesar da celebração que os progressistas levam a cabo cada vez que uma outra barreira sexual é demolida, sempre haverá algumas coisas que eles acham desconfortáveis: Casamentos estáveis, amorosos e fiéis onde os esposos fazem sacrifícios para garantir que o seu casamento não se torna uma vítima da cultura sexual que os progressistas criaram.
https://www.lifesitenews.com/blogs/progressives-are-outraged-that-mike-pence-protects-his-marriage-from-the-se  

Nova Ordem Mundial
Objetivo: entregai-me a criança e eu farei o homem, um homem à imagem da nova ordem mundial. Os poderes do mundo têm interesse em destruir.

Nova Moral
O Evangelho de Jesus Cristo, a Bíblia, a mensagem de Fátima totalmente postos de lado e substituídos pelo novo Evangelho da Nova Ordem Mundial e do governo único, tudo isto perante o aplauso/indiferença da populaça, que aceitará esta aberração visto estar já enganada e adormecida pelos falsos pastores da Igreja Católica decadente (Jeremias 5:31) que não cumprem a missão em que foram investidos de defender o Evangelho de Jesus Cristo e avisar o seu rebanho dos embustes astutos de satanás (Efésios 6:11).

Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!

Isaías 5:20

É raro ouvir padres e prelados denunciar este vício como um pecado mortal que envia a alma para o inferno se não houver arrependimento.

É raro ouvir um prelado falar claramente como o faz o Bispo Athanasius Schneider, que explicou que a aceitação da homossexualidade “contradiz diretamente as palavras de Deus, que diz que os atos homossexuais e o estilo de vida homossexual são uma ofensa grave contra a vontade de Deus (cf. Gen 18:20; Lev 18:22; 20:13; Is 3:9; Rom 1:26-27; 1 Cor 6:10; 1 Tim 1:10; Jud 7)”.

De forma idêntica, a Sagrada Escritura ameaça de temível punição as nações que aceitam a homossexualidade. S. Pedro avisou que o Senhor “condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente”. (2 Pedro 2:6)

Será que isto pode ser um prenúncio da “aniquilação de nações” que Nossa Senhora de Fátima avisou em 1917?

Envergonhados do Evangelho?
Em maio passado, no Pequeno Almoço de Oração Católico Nacional em Washington, D.C., o professor de Princeton, Robert George, falou precisamente sobre essas mudanças em nossa cultura ocidental e sobre a perseguição dos católicos e outros cristãos afins. Aqui no Canadá, as suas previsões já estão acontecendo:

Os dias do cristianismo socialmente aceitável acabaram. Os dias do catolicismo confortável são passados .... Forças e correntes poderosas em nossa sociedade estão a pressionar-nos para ficarmos envergonhados do Evangelho ... envergonhados dos ensinamentos de nossa fé sobre o casamento como a união conjugal de marido e mulher. Essas forças insistem que os ensinamentos da Igreja são desatualizados, retrógrados, insensíveis, não-compassivos, não-liberais, intolerantes, até odiosos ... essas mesmas forças dizem que você é um homofóbico, um fanático, alguém que não acredita na igualdade. Você representa até uma ameaça à segurança das pessoas. Você deveria ter vergonha!

... Em consequência do seu testemunho público, uma pessoa pode ser discriminada e negada oportunidades educacionais e as credenciais de prestígio que podem oferecer; pode perder oportunidades valiosas para o emprego e o avanço profissional; pode ser excluída do reconhecimento mundano e honras de vários tipos; o testemunho de alguém pode até custar-lhe amizades queridas.... Sim, há custos de discipulado - custos pesados.

http://www.acordem.com/blog/32526//

 

Porque, qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do homem, quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos.
(Lucas 9:26)  

 
Defesa dos valores

É preciso haver uma luta para defesa dos valores. E não abrir as portas a toda o tipo de degradação, toda a novidade, tudo fruto da imaginação de um pequeno nº de pessoas que quer impingir a sua moralidade no resto do mundo. Se não lutamos pelo tipo de sociedade que temos, baseada nos princípios cristãos e católicos tradicionais, a sociedade desmorona. Estamos perante um exército invasor cujo objetivo é destruir esta sociedade. Portugal é um exemplo em termos de valores morais, paz e harmonia para o resto do mundo. Esse exemplo está ameaçado por esta iniciativa deste congresso.

Alguns autores afirmam que nos dias de hoje a maior crise que o ser humano pode enfrentar (e que estamos enfrentando) é uma crise de valores, pois essa crise vai afetar a humanidade, que passa a viver de forma mais egoísta, cruel e violenta. Assim, é necessário enfatizar a importância de bons exemplos na sociedade, pois a transmissão de importantes valores humanos consiste na base de um futuro mais pacífico e sustentável.
https://www.significados.com.br/valores/

“Não se opor ao erro é aprová-lo e não defender a verdade é suprimi-la; com efeito, não denunciar o erro daqueles que praticam o pecado quando o podemos fazer não é pecado menor do que apoiá-los.” – (I Epístola do Papa São Félix III ao Bispo Acácio, de Constantinopla, de 483.)










Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários
Não existem comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

O Futuro
Tradutor
Procura
Arquivo
Perseguição Notícias

christian_persecution.jpg

Islão: matar e submeter

Jihad_sword_index.png

Carta de Notícias

Subscreva a carta de notícias "Acordem" de Xavier Silva


Email:
Subscrever RSS

RSS url_to_submit_my_site_sites_websites_submission_rss_sm_1.jpg

Como escapar?

Rescue_Portug__sun_.jpg

PORTUG___Sheeple_39_190.jpg

David Dees galeria
Música

Ouça música enquanto navega!

img_musica.jpg

Contacto
Online

Mortes iraquianas...

Mortes iraquianas devido à invasão norte-americana

Iraq Deaths Estimator

©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional